Páginas

sábado, 3 de setembro de 2011

Tenho (mesmo) que voltar a trabalhar

Sempre imaginei que quando eu tivesse um filho, voltar a trabalhar seria uma coisa normal, sem traumas, fosrimentos, muito pelo contrário pensava que irai amar voltar a vida social novamente, e ganhar din din pra comprar as coisas para meu filhote seria a maior motivação.

Me enganei feio, o Luanzinho está com quase 4 meses e volto a trabalhar mes que vem, mas só de pensar tenho vontade de chorar, nunca imaginei que doeria tanto deixar meu filho para trabalhar, e nem que eu sofreria como se arrancassem um pedaço de mim.

Pensei, reepensei uma maneira de não ter que ir, ou de até mesmo trabalhar em casa, mas nenhuma ideia me veio.. e ficar em casa, sendo exclusivamente mãe, pra mim, hoje é luxo. Não tenho condições pra isso, minha casa foi reformada há pouco, e ainda faltam muitas coisas.. fora isso ficaram as dividas de uma obra (que não é pouco), e ainda tem as dividas cotidianas, meu marido trabalha muito, de segunda a segunda em um famoso fast food (é esse mesmo que vcs pensaram), e eu não posso, (nem quero), depender dele pra tudo!

Mas confesso que estou arrasada com essa volta, e me pego chorando deversas vezes, sem meu marido ver, pra não se sentir culpado coitado. Ás vezes me pego agarrada a ele, como se não quisesse mais desgrudar, com medo desse momento acabar.. snif

E o meu dilema é com quem deixar? Gostaria de coloca lo em uma escolinha meio periodo na parte da tarde, e meu marido olhava ele de manhã (ele entra as 15h no serviço), mas acho ele tão pequeno, e ficar com uma estranha morro de medo, ou deixa lo com a minha madrinha que ele está um pouco mais acostumado, mas sempre odiei incomodar, e tenho medo disso acontecer, mesmo ela falando o contrário.

Meu marido fala que fico arrumando desculpa, isso sim. Pode até ser, pq o que eu queria de verdade era ficar EU com ele, mas nem tudo são flores.. então vou curtindo esse preciosos momentos com meu
gordinho!!






E vcs amigas, trabalham fora? Com quem decidiram deixar o bebê? E como f oi a dura adaptação?

Bjinhos, Lili do Luan

12 estrelinhas:

Débora Nunes disse...

Oi amiga, como aconteceu a mesma coisa, voltei a trabalhar semana passada... Ta seno muito dificil ainda, mas estamos nos adaptando... Os primeiros dias são sempre os mais dificeis mas felizmente a Clara fica com minha mãe, então fico um pouco mais tranquila. Mas nem assim deixo de pensar nela um minutinho sequer, tento não ficar ligando muito pra não sentir mais saudades ainda...
Fiz um post no meu blog sobre isso se der da uma passadinha la pra ver: http://amaecoruja.blogspot.com/2011/08/saindo-do-pais-das-maravilhas.html...

Bjus e com o tempo a gente vai se acostumando, mas gostar mesmo de deixar eles ou sentir falta? NUNCA... Boa sorte...

Carol Damasceno disse...

Lilli é uma chatice escutar o que vou dizer, mas é verdade...
No começo é muito difícil, mas depois a gente acostuma. A melhor forma de suprir tudo isso é fazer do tempo que terá com ele um tempo maravilhoso.
Deixo a Laura com a babá, mas meu marido fica em casa um pouco e aí ele vai trabalhar e logo depois e chego. Peço a Deus proteção pra minha pequena e nunca chego no mesmo horário. Dou umas incertas, sabe???
Boa sorte e beijinhos!!!

Beta disse...

Nossa esse assunto é mesmo mto complicado! Eu não tinha com quem deixar Gabi e procurei creches surperficialmente e não achei uma próxima de mim. A que achei estava bem acima do nosso orçamento, então pedi demissão que era mesmo o que eu queria, ficar perto dela. Estar com minha filha nos primeiros meses de vida foi muito bom, p/ mim e p/ ela, mas, depois (que eu já curti os primeiros meses) bateu um arrependimento de ter parado a vida profissional. Mas, depois a coloquei na creche com 2 anos e voltei ao mercado de trabalho...
P/ mim, nessa idade que ela estava foi doloroso p/ nós duas , mas, passou bem rápido. Se apegue a isso, de que passa e passa rápido, p/ ver se alivia o sofrimento...rs!
Bjks!

Carina Ferreira disse...

Nossa Lili, díficil hein?! Eu não trabalho fora embora precise. Já falei com meu marido que preciso voltar a trabalhar, mas aí surge essa pergunta com quem deixar? Minha família mora distante e minha mãe faleceu...Fora a saudade.
Que Deus possa te dar força nesse momento.
Bjs

Karol Trentin disse...

É dificil mesmo... eu sai do meu trabalho logo que fiquei gravida... sai sem saber... mas confesso que não vejo a hora de voltar a trabalhar... tenho dó de deixar o Pietro na escolinha ou com uma pessoa olhando, mas isso faz um bem pra eles... embora a gente fique com dó, a gente não quer deixar nosso filho, afinal a gente acha que só coma gente eles estão bem... por mais confiança que tenhamos na outra pessoa. mãe é mãe... Eu preciso urgente voltar a trabalhar, embora meu marido não queira, eu sempre trabalhei, não consigo depender de ninguem... moro longe da familia e já estou ficando louca em casa sozinha. fiz um trato com o meu marido, começo do ano que vem, o Pietro vai pra escolinha e eu volto a estudar e vou procurar um emprego. Tenho dó, quero ele só pra mim, mas vai ser melhor pra ele futuramente. Bjooo Lili... agora eu voltei...kkkk

O Luan esta cada dia mais lindoo... gordinho.. fofo... lindo lindo...

Dani disse...

è muito dificil, mas é mesmo necessário, vc vai ver passa rápido e logo vc estara orgulhosa dele! Bjus e boa sorte!

Valeria Aveiro disse...

Ai amiga, a minha Livia vai pra creche desde os 4 meses, e era uma tortura pra mim todos os dias, mas vc vai ver, com o tempo como faz bem a eles, hoje ela é super esperta. Boa sorte!! Bjus

Leila disse...

Passei meio q sem querer pelo seu blog e acabei ficando!! é tudo lindo, seu filho é um gostosinho!! Bjus e já estou te seguindo


- Futura mãmã !
disse...

Oi !!
Eu tanbem tenho um pouco medo da dor, e de ser corta entao ninguem imagina ksksks :S
Por aí a minha pergunta...faz-me impressao ver elas a puxar pelo pescoço do bebe daquela forma :S apesar de agora ter cesariana em portugal ninguem critica, mas tanbem nao e escolha nossa :S pois aqui so fazem cesariana em alguns casos...

Beijinho e me continue seguindoo =)

juliana disse...

lili, eu tb voltei a trabalhar o Lucas tinha 4 meses!! chorei demais!!! ia para o trabalho chorando horrores!! no meu caso, não tinha com quem deixar e deixei na escolinha!!! depois que a minha culpa passou, vi que era a melhor coisa que pude fazer!!! Lucas adorava!! tinha crianças para interagir, brinquedos novos! e desenvolveu muito suas abilidades! se vc tiver uma boa creche vale a pena sim!
vc deixou um recadinho para mim sobre foto da barriga.;..
a barriga já está até grandona,... mas sabe aquela coisa de segundo filho? acabamos esquecendo das nossas fotos rsrsrs mas vou tirar e postar com certeza!

juliana disse...

lili, eu tb voltei a trabalhar o Lucas tinha 4 meses!! chorei demais!!! ia para o trabalho chorando horrores!! no meu caso, não tinha com quem deixar e deixei na escolinha!!! depois que a minha culpa passou, vi que era a melhor coisa que pude fazer!!! Lucas adorava!! tinha crianças para interagir, brinquedos novos! e desenvolveu muito suas abilidades! se vc tiver uma boa creche vale a pena sim!
vc deixou um recadinho para mim sobre foto da barriga.;..
a barriga já está até grandona,... mas sabe aquela coisa de segundo filho? acabamos esquecendo das nossas fotos rsrsrs mas vou tirar e postar com certeza!

Fabi disse...

Oi Lili tudo bem?
Seu filho nasceu no mesmo dia que o meu filho e consequentemente estou sentindo o mesmo que vc.
Meu coração está aos pedaços, e eu não posso parar de trabalhar agora pelos mesmos motivos que vc e outros mais. Bom a principio meu filho irá ficar com a avó paterna o que não me agrada mais tem que ser assim, em janeiro ele irá para um berçario que já visitei e foi indicado por uma amiga. O meu filho não irá para o berçario agora porque ainda não iniciou a alimentação e eu quero que ele inicie em casa essa etapa, depois se ele ficar o mês de novembro no berçario, na segunda quinzena de dezembro o berçario entrará em ferias ai ele só poderar voltar em janeiro e eu tenho medo que ele estranhe mais esse retorno.
Eu espero que vc consiga uma solução, boa sorte bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nosso anjinho crescendo

Lilypie - Personal pictureLilypie First Birthday tickers

Desde sempre

Daisypath - Personal pictureDaisypath Friendship tickers